quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Numa tarde de abril um anjo me olhou
e tingiu todo o meu céu cinza de azul
O anjo foi embora sem nem me avisar,sem nem olhar pra trás
e agora escorrem águas do meu céu
que pingam somente em mim
Por que esse Sol,
que mistura o azul do céu com vermelho e laranja,
não pode simplismente secar toda essa água que me encharca?


...


au revoir...

2 comentários:

Arte dos Gatos disse...

Oiii
Não sei se entendi direito a mensagem, mas se estiver triste, coloque o braço direito no ombro esquerdo, depois o braço esquerdo no ombro direito e aperte bem firme; sinta-se abraçada por mim!
Beijo

Dayane disse...

Oi Lídia!Que bom que voltou a atualizar o blog!Estava preocupada com a sua sumida!
O Lucas disse q vc irá fazer Ed. Artística tbm =D!Olha,precisamos conversar então,pra eu te dar uns toques sobre os professores,rs!E precisando de qualquer ajuda,é só me pedir!
Bjo,Day