sábado, 20 de junho de 2009

Professeurs...


Professores são seres engraçados...de suma importância para todos nós,mas alguns deles fazem o que fazem por um motivo que nem eles mesmos sabem...Há professores fantásticos,que tratam os alunos como se fossem filhos,mas outros,aqueles que "não sabem ensinar",parece que se esquecem que um dia já estiveram numa sala de aula,ou já tiveram que aprender algo também...



Professor

Professo a minha culpa
por ainda sonhar com a educação
Professo os meus medos
de sucumbir à razão
Confesso os meus desejos
de ver crianças sonhando
com a minha profissão.

Admito os meus erros
de nunca desistir
e sempre prosseguir
mesmo quando a vida diz não.

Inquieto-me com a vida,
com o medo estampado nos olhares,
com a mesmice.

Inquietam-me os estereótipos,
a discriminação
e os preconceitos.

Tenho medo das verdades,
mas caminho por estradas que mal conheço.

Amanheço na esperança,
Anoiteço na indefinição
Debruço-me sobre a ciência
Mas é a arte que me atrai.

Me abasteço nos livros
Minha alma se alimenta
na poesia.

Faço versos na adversidades
Estou onde o poeta está
e aí me encontro.

Educar é uma arte,
a arte da reinvenção,
reinventar palavras,
sedução...

Brincar de inventar o inventado
porque o mestre é um poeta,
sem rimas ou métricas,
artesão da alma,
construtor de pontes.

Um fazedor de gente!

Encontro-me na profissão: Mestre!

À luz dos teóricos
busco minhas respostas
mas nenhum me diz tanto
quanto uma criança,
nenhuma aprendizagem é
mais significativa
do que as vividas
na sala de aula.

Bebo na fonte cristalina
e a eles (meus alunos)
dedico esse dia.


de Maria de Fátima Mota Moraes Lopes

7 comentários:

A Itinerante - Neiva disse...

Lidia,

Lindo post. Tenho uma grande amiga que é professora. Hoje ela trabalha na secretaria de educação, mas o que gosta mesmo é de dar aulas.

Como somos amigas há muitos anos, passei todo este tempo ouvindo-a falar sobre a profissão e sei do que fala.

Sobre a música, preciso sim. No próximo post, domingo, Adriel vai tocar uma música para Maise. No violoncelo.

Eles estão apaixonados, mas ele vê as impossibilidades entre ambos e sofre pelo relacionamento não poder avançar como deseja.

Queria muito uma música que expressasse estes sentimentos. Romantica, sim. Com certeza. rsrs

Beijão! :DD

A Itinerante - Neiva disse...

Lidia,

Amei as duas músicas que indicou. São perfeitas!!! Vou ficar com Romance porque é um pouco menos triste do que Vocalise apenas. Obrigada mesmo!!!

Ah... Meu nome é Neiva mesmo.

:DDD

Beijos!

Cães e Focinhos disse...

adorei seu blog beijos

Anônimo disse...

ler todo o blog, muito bom

Me abraça? disse...

Muito obrigada!
=)

by FMott@ disse...

Passeando pela net encontrei o teu blog, gostei de ver meu poema. Teu espaço é lindo.

Fátima Mota

by FMott@ disse...

Passeando pela net encontrei o teu blog, gostei de ver meu poema. Teu espaço é lindo.

Fátima Mota