sexta-feira, 4 de abril de 2008

As pequenas coisas do dia a dia...


São nas menores atitudes que reconhecemos alguém...E não estou falando só de mim,mas ontem aconteceu uma coisa:
Eu estava no ponto esperando o ônibus, um moço chegou pedindo uma moeda pras pessoas que estavam lá,porque ele estava só com 70 centavos no bilhete,e tinha que voltar pra casa...ele me pediu e eu disse que não tinha,mas eu tinha uns 90 centavos na mochila,que era pra pagar uma apostila da escola...Eu fiquei pensando que às vezes quando ia estava muito cansada pra ir à pé pras aulas de música e às vezes pedia pras pessoas,como ele fez,ninguém me ajudava,e que o mesmo acontecia com meu irmão,quando ele tinha que ir pro curso..e lembrei do cansaço e das dores nas pernas...ninguém nunca ajuda...Eu olhei pra entrada do metrô e vi que ele estava lá,pedindo pras pessoas que passavam;fiz as contas "a apostila é 60 cs,eu tenho 90..." fui lá e dei os 30 centavos pra ele,ele me olhou e deu um sorriso,e eu sorri de volta...Voltei pro ponto e dei uma olhada pra ver se ele ainda estava lá,e vi ele subindo a rampa pra ir pegar o metrô...
Uma pequena coisa que me fez sentir bem até chegar em casa...


"Fazer o bem e não olhar a quem..." Palavras de uma sábio!!!

3 comentários:

Guhn disse...

See Please Here

Dumuro disse...

See Please Here

Celso disse...

Sim... o importante nem é se 30 centavos é muito ou pouco, ou se a pessoa vai comprar cachaça, mas a satisafação do puro ato de desprendimento.

Antes dos pedidos serem sinceros, que as doações o sejam!

bjs