quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

As filas de embarque do metro Artur Alvim tem uma nova presença de manhã.Um cachorrinho fez da estação sua casa,se deita no meio das pessoas e faz questão de se esticar ainda mais quando chegam perto dele.Os seguranças do metro dão comida e água e as pessoas que passam sorriem,acariciam ele e dizem "tadinho,será que tá com frio..."
Ele tem aquele olhar clássico de cachorro pidão,e tenho certeza que em cada pessoa que acaricia,ele vê a imagem de um dono..

2 comentários:

Dayane disse...

pena que nao vou mais ao Metrô tds os dias =(.

Deivison disse...

caraca...eu ja vi esse cachorro, moh engraçado o jeito dele ^^